47 - A Revolução Africana e o pensamento marxista - Revolushow
1053
post-template-default,single,single-post,postid-1053,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-revolushow,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

47 – A Revolução Africana e o pensamento marxista

47 – A Revolução Africana e o pensamento marxista

No episódio de hoje, João Carvalho entrevistará Jones Manoel e Gabriel Landi que estão lançando o livro Revolução Africana: uma antologia do pensamento marxista, em pré-venda pela Autonomia Literária e que terá seu lançamento na Festa Literária Pirata das Editoras Independentes em Paraty (RJ).

Edição: Zamiliano

Seja nosso padrim e concorra a sorteios mensais de livros, a partir de R$5 ao mês, ou use o picpay

 

Links Citados

Vocês querem um Hitler negro?

Pré-venda do livro Revolução Africana

 

Cupons de Desconto

#revolushowantifascista – 20% de desconto em todos os livros da Autonomia Literária

REVOLUSHOW – 20% de desconto nos livros da NovaCultura

REVOLUSHOW15 – 15% Descontos em todas as camisas da Camisa Crítica

REVOLUSHOW – 20% Descontos em todas as camisas socialistas da Sublimo

REVOLUSHOW10 – 10% Descontos em todas as camisas da Veste Esquerda

 

Clube do Livro

1- Novacultura.info

2- Expressão Popular

Trilha sonora: Enxugando o Gelo by BNegão & Seletores de Freqüência is licensed under a Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0 Brazil License. Disponível em: https://bit.ly/30dbBjv In The Hall of the Montain King Peer Gynt Suite no. 1, Op. 46 . Disponível em: https://bit.ly/2XsGGhx

 

-SSX DIGITAL-

www.ssxdigital.com.br

4 Comentários
  • João Dalvi
    Escrito as 13:36h, 15 julho Responder

    Mas os maoístas brasileiros fazem isso, amigo. Não há uma mera transposição dogmática do marxismo, mas sim uma aplicação do marxismo à realidade brasileira, das raizes socio-economicas de nossa sociedade até os dias de hoje, perpassando a crítica ao movimento operário e comunista desde o começo aqui no Brasil. Acho que vale se informar um pouco melhor, tem muitos textos publicados no jornal A Nova Democracia que mostram com clareza esse processo. Abraços.

  • Rodrigo
    Escrito as 19:40h, 21 agosto Responder

    Obrigado Jones por falar da lavagem da nova “esquerda” no campo das lutas por representatividade. Sempre falei isso em discussões e fui chamado de várias merdas. Enfim, ótimo podcast e morte aos liberais!

  • Gabriel Roani
    Escrito as 14:44h, 11 setembro Responder

    Comentário do Gabriel (meu xará hehehe) sobre a troca de correspondências entre o PCB e a terceira internacional nos anos 1920 me lembrou de um evento muito interessante desse mesmo período: enquanto o PCB achava que a questão racial não tinha problemas, era assassinado Besouro Mangangá, capoeirista lendário.

  • Querco
    Escrito as 19:30h, 16 setembro Responder

    Alienation and Freedom
    Frantz Fanon

    https://b-ok.cc/book/3512053/a33de1

    Livro ae citado pelo João.

Escrever um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.